Regina Elisabete Franco da Silva - ABRESC

Regina Elisabete Franco da Silva

Regina Elisabete Franco da Silva

Regina Elisabete Franco da Silva – na infância praticou o voluntariado como musicista. Com o decorrer do tempo sua carreira profissional voltou-se para a área administrativa em empresas nacionais e multinacionais exercendo a função desde auxiliar, escriturária, secretária, chefe de escritório, encarregada de serviços: administrativos, do departamento de Pessoal e Consultora de Recursos Humanos.

Ministrei aulas de marketing, administração de pessoal, secretariado e técnicas de vendas.

Estou na Associação dos Escritores, Poetas e Trovadores de Itatiba-SP – AEPTI  desde 2009, como musicista nos eventos patrocinados pela associação.  No mesmo ano recebi o convite para integrar a diretoria executiva, onde preenchi todos os cargos nos biênios 2011-2013, 2015 a 2017. Eleita em maio de 2017 – Presidente da AEPTI esta é a terceira vez que assumo a diretoria.

A Associação promove o incentivo a escrita, leitura e as artes em geral.  Idealizadora no município com as parcerias da Prefeitura por meio da Secretaria da Educação, e, da Universidade São Francisco – Campus Itatiba do concurso literário e de desenho com alunos do ensino fundamental da rede municipal de ensino e escolas particulares, literário ensino fundamental e médio – Estado com a educação para jovens e adultos – EJA, inédito no corrente ano com estudantes do ensino médio regular e parceira do concurso literário do Jornal de Itatiba categorias especial e nacional.

Oficinas de pintura e artesanato, sarau para a comunidade.

Mensalmente é escolhido um tema a ser desenvolvido pelos associados e o público.


Contato com a escrita e leitura:

 

Desde a minha infância os jornais O Estado de São Paulo, Folha de São Paulo e os locais A Tribuna e O Progresso eram comuns na residência dos meus avós maternos. Eles adoravam ler, escrever e ouvir músicas. Meu avô ensinou-me como abrir e ler o jornal sem apoio, as dobras corretas, sem amassá-lo.

No primeiro ano do antigo ginásio o professor de Religião Carlos Franco Penteado, solicitou uma redação com o tema Dia das Mães. Cada sala de aula seria representada com o melhor trabalho na data comemorativa no mural da Igreja Matriz Nossa Senhora do Belém (hoje Basílica Menor de Nossa Senhora do Belém).

Domingo, nove horas, celebração da missa das crianças. Ao adentrar na Igreja havia um mural com todos os trabalhos selecionados. Fui lendo cada um deles, alguns não alcançava a página seguinte, visto a minha estatura. Vi a exposição de colegas, conhecidos. Faltando apenas três para concluir, deparei-me com duas folhas de papel almaço pautado, tendo como acabamento um laço de fita cor de rosa. Era o meu! Não acreditava… o meu… comecei a rir. Em tempo, quando algo me surpreende até hoje a minha reação é rir.  A missa nem começara e eu querendo ir embora para contar a novidade aos meus entes queridos.

Desde muito cedo gostava de rabiscar e escrever.

Assídua frequentadora da Biblioteca Municipal, O tronco do Ipê de José de Alencar foi o primeiro livro, Machado de Assis, Raul Pompeia, Eça de Queiroz, entre tantos outros. Em 1973 sugerido pelas minhas colegas de trabalho na capital paulista me associei ao Clube do Livro. Nas viagens diárias para o trabalho saboreava os livros. Lembro-me da escritora Zélia Gattai – A sustentável leveza do Ser.

Escrevi contos e poemas até os meus vinte e seis anos de idade. As obrigações da minha vida profissional me obrigaram a escrever textos literários apenas esporadicamente, não com a assiduidade que gostaria.

 

Do trabalho voluntário com a Associação dos Escritores, Poetas e Trovadores de Itatiba – AEPTI.

 

Em maio de 2009, graças à disposição de tornar as festividades da AEPTI (cujo renome chegou ao meu conhecimento) mais prazerosas, passei a participar como musicista, a convite como voluntária das reuniões e eventos patrocinados por ela, onde tomei conhecimento das atividades junto à cultura e a educação no município.

Dois meses após, o primeiro evento em um palco como há quarenta e sete anos. Após passar o som me apresentei para auxiliar na organização do salão para o evento.

Foi a minha iniciação de aprendizado com os trabalhos desenvolvidos pela AEPTI.

No mês de novembro de 2009 fui convidada para a vacância como segunda secretária da diretoria executiva até o final do biênio maio 2011.

Atuando como musicista nos eventos da Associação, ao mesmo tempo auxiliei na administração dos regulamentos, materiais para os concursos, resultados, participação nas reuniões da diretoria, Secretaria da Educação do município e com a Universidade São Francisco Campus Itatiba.

Em maio de 2011 fui eleita para compor a diretoria executiva biênio 2011 a 2013 no cargo de vice-presidente. Após quatro meses por motivos de saúde, ocorreu o afastamento provisório da presidente.

Na qualidade de presidente em exercício responsável por todos os atos praticados pela Associação, tais como: reuniões mensais com associados, elaboração do Plano de Trabalho anual, direção editorial das coletâneas, diálogos com: gráfica, apoiadores, Secretarias de Cultura e Educação, escolas, Diretor da Universidade São Francisco Campus Itatiba que voluntariamente convoca seus docentes para a comissão julgadora dos concursos promovidos pela AEPTI e com a parceria do Jornal de Itatiba Diário e da Central de Radio e Notícias.

Distribuição de serviços aos voluntários, ofícios, organizar e coordenar regulamentos com a Secretaria da Educação e a Universidade São Francisco, contratos com escritores e artistas plásticos para a coletânea Antologia Encontros, materiais para os concursos literários e de Desenho Infanto-Juvenil com participação de todas as escolas da rede municipal de ensino e rede privada, concurso literário com os alunos da Educação para jovens e adultos – EJA.

Com o afastamento definitivo da titular assumi o cargo de presidente até o final do mandato. Reeleita para o biênio 2013 a 2015, período em que fui uma das protagonistas no projeto do I Concurso Literário AEPTI Revelando Talentos voltados para os estudantes do Ensino Médio regular.

Na gestão de 2015 a 2017, com o cargo de segunda secretária da diretoria executiva, continuei a executar todos os trâmites dos trabalhos da presidência. No início de 2017 assumi a segunda tesouraria, em virtude do falecimento da titular.

Pela terceira vez na presidência para o biênio de 2017 a 2019. No corrente ano iniciamos os Concursos Literários “Revelando Talentos” com escolas particulares e do Estado e EJA com o ensino médio.

Nas coletâneas e livros dos associados produzidos pela AEPTI tenho como atribuição: organização, elaboração, distribuição e recebimento dos materiais pertinentes aos concursos às escolas, encaminhamento a comissão julgadora da Universidade São Francisco – Itatiba, cronogramas, revisões e a direção editorial.