Loading...

Vicente Serroni lança seu novo romance no FrESTA nesta quarta-feira

Primeiro dia da jornada literária rio-pretense ainda terá lançamento de audiobook de Juliana Medeiros

A pandemia da Covid-19, principalmente as variações do coronavírus que surgiram no Brasil, é tratada no novo romance do carnavalesco e escritor Vicente Serroni, de Rio Preto. O lançamento de seu novo livro, “Variantes Silenciosas” (Editora Sekhmet), marca o primeiro dia da FrESTA – Jornada Literária Apocalíptica, festival online que começa hoje e segue até domingo, 23, nas mídias sociais da Cia. Apocalíptica (YouTube, Facebook e Instagram).

A narrativa de Serroni acompanha a trajetória de um casal de jornalistas que se conhece logo no início da pandemia, dedicando-se a investigar fatos e fenômenos relacionados às variantes do vírus da Covid-19, como a morte em massa de funcionários de uma mesma empresa e das pessoas que participaram de uma festa clandestina. O livro ainda traz o grupo Final dos Tempos, que tenta de todas as formas alertar a população para os riscos dessas variantes.

A live de lançamento da publicação está programada para as 19h, com transmissão pelo Youtube e Facebook.

“Ao mesmo tempo que esse casal redescobre o amor, pois cada um trazia consigo traumas afetivos do passado, a pandemia impõe uma realidade nunca antes vivida”, reforça o autor, que já havia se aventurado na seara do romance em “Merda – Dias Melhores” (2007), seu primeiro livro, viabilizado com recursos do Prêmio Nelson Seixas, da Secretaria de Cultura de Rio Preto.

Audiolivro

Artista, comunicadora e poeta, Juliana Medeiros também faz lançamento no primeiro dia da FrESTA. Trata-se do audiolivro “Confissão sem Tortura”. O lançamento – às 11h, no Instagram (@cia.apocaliptica e @porjulianamedeiros) – contará com um bate-papo sobre a obra, a trajetória da artista e seu processo de criação. O audiolivro ficará disponível no Spotify e Youtube gratuitamente para o público por tempo indeterminado.

Utilizando-se de uma persona poética, a autora narra a história de um (quase) amor de um jeito muito peculiar: por meio de contos e poesias. O livro expõe, em primeira pessoa, um relacionamento afetivo que já se inicia tendo perspectiva de fim. Porém, o fim não acontece bem da forma como foi planejada pela locutora, desencadeando uma série de sentimentos que pintam com intensidade o quadro poético.

Segundo ela, “Confissão sem Tortura” lança a seguinte questão: será que nos curamos, verdadeiramente, de um amor ou o amor é a própria cura?

O evento

Viabilizado com recursos da Lei Aldir Blanc, a FrESTA oferecendo ao público mais de 70 horas de atividades culturais gratuitas com o propósito de mostrar que a literatura vai muito além do livro. “É um festival que aborda diferentes vertentes e manifestações culturais, de modo que te faz se encontrar dentro da programação. Seu formato completamente online nos permite encontrar quem não encontraríamos, ir à lugares e saber sobre o fazer artístico em Rio Preto e Brasil”, comenta Kiara Terra, diretora artística do evento.

“Desde a extinção da Bienal do Livro, nossa cidade está praticamente órfã de incentivos e eventos literários. Nesse sentido, pretendemos que o FrESTA se consolide como um dos principais festivais de fomento cultural/literário, abrangendo diversos segmentos artísticos e levando arte, informação e entretenimento ao público em geral” complementa Lawrence Garcia, diretor geral do festival.

 

Programação

Hoje

  • 9h – Oficina: Corporagem de Jardinosias, com o Trio Corporagem de Jardinosias (Rio Preto)
  • 11h – Audiolivro: Confissões sem tortura, de Juliana Medeiros (Rio Preto)
  • 11h30 – Contação de história: O pássaro da chuva, com Jimmy Brown (Bertioga)
  • 12h – Podcast: A culpa é do blues, com Bruna Venâncio (Rio Preto)
  • 13h – Oficina: Fluindo na dança com bambolês, com Coletivo Órbita (Montenegro)
  • 15h – Clube do Livro: ‘Ideias para adiar o fim do mundo’ (Ailton Krenak), com Bruno Souza
  • 16h – O Menino da Banca (Chamamento Aldir Blanc), com Akila Moreira (Rio Preto)
  • 16h30 – Websérie: ‘Pequeno – Episódio 1’, com Cia. Bardos de Teatro (Rio Preto)
  • 17h – Contação de história: Emiliumas Aventuras, com Cia O Que Será de Nós?! (Rio Preto)
  • 19h – Lançamento do livro Variantes Silenciosas, de Vicente Serroni (Rio Preto)
  • 20h – Sobra Viva (Chamamento Aldir Blanc), com David Balt (Rio Preto)
  • 21h – Intervenção: Um mural para um corvo e um gato, pretos, com LINO’ 96 (Rio Preto)

Amanhã

  • 9h – Oficina: Corporagem de Jardinosias, com o Trio Corporagem de Jardinosias (Rio Preto)
  • 11h30 – Contação de história: Os dois reis, com Cia. Apocaliptica (Rio Preto)
  • 12h – Podcast: Nomear para combater – Uma tentativa de organizar a raiva para virar pensamento, com Nicole Aum (São Paulo)
  • 13h – Oficina: Poesia sonora, com David Biriguy (Belo Jardim)
  • 15h – Oficina: A importância do ler e contar histórias, com Ana Paula Carneiro (Presidente Prudente)
  • 16h – Cantação de histórias (Chamamento Aldir Blanc), com Beto Brandão (Rio Preto)
  • 16h30 – Websérie: ‘Pequeno – Episódio 2’, com Cia. Bardos de Teatro (Rio Preto)
  • 17h – Contação de história: Histórias de macaquices, com Mandingueiras da Pracinha (Rio Preto)
  • 19h – Inventário de oralidade: Marlene Massaroca (Massaroca: casa de brincar – Ituiutaba)
  • 20h – Contação de história: Histórias da Índia, com TeceContos (Rio Preto)
  • 21h – Espetáculo: Zona Contaminada, da Cia. do Santo Forte (Rio Preto)

Sexta-feira

  • 9h – Oficina: Abaixo a moral e os bons costumes: protagonistas controversas que amamos odiar (ou que odiamos amar), Bruna Venâncio (Rio Preto)
  • 11h – Videopoema: Colapso Mpeg, de juny-kp! (Rio Preto)
  • 11h30 – Contação de história: O Pequetito, com Cia. Apocalíptica (Rio Preto)
  • 12h – Podcast: NINHO – colo e literatura para bebês, com Sutilezas Poéticas (Rio Preto)
  • 13h – Oficina: Zines digitais para professorxs, com Camila Melo (Rio Preto)
  • 13h – Oficina: Poesia Sonora, com David Biriguy (Belo Jardim)
  • 15h – Clube do Livro: ‘O Sol na Cabeça’ (Geovani Martins), com Ketlin Santos
  • 16h – Contação de história: O Príncipe Medroso, com Cia. Apocaliptica (Rio Preto)
  • 16h30 – Websérie: ‘Pequeno – Episódio 3’, com Cia. Bardos de Teatro (Rio Preto)
  • 17h – Contação de história: Vamos juntas?, com Educand”Arte (Rio Preto)
  • 19h – Lançamento do livro Zine feminista: datilografias de fúria & saudade, de Camila Puni (Rio Preto)
  • 20h – Contação de história: Kamishibai Brasil – História na Palma da Mão, com Sandra Lane (Belo Horizonte)
  • 21h – Show da banda Trovalírica (Rio Preto)

Sábado

  • 9h – Oficina: O Que é Literatura? A Sublime Viagem da Escrita ao Livro Publicado, com Lucas Limberti (São Paulo)
  • 9h – Oficina: Escrita de biografias, com Raul Marques (Rio Preto)
  • 11h30 – Contação de história: Histórias Antiprincesas, com Espanhol Minuto (Rio Preto)
  • 12h – Oficina: O teatro dos Bonexcluídos, com Akila Moreira (Rio Preto)
  • 12h – Podcast: O poético, o político e o educativo do direito humano à literatura, com Bel Mayer (São Paulo)
  • 13h – Oficina: O lado negro da França: um panorama das artes francófonas de origens africanas, com Patrícia Carvalho e Monelise Vilela (Rio Preto)
  • 15h – Rodinha Literária: Lygia Bojunga e a Bolsa Amarela (Chamamento Aldir Blanc), com casa de criar (Rio Preto)
  • 16h – Intervenção: S.O.S Quase Tudo, de Priscila Jacomo (São Paulo)
  • 16h30 – Websérie: ‘Pequeno – Episódio 4’, com Cia. Bardos de Teatro (Rio Preto)
  • 17h – Contação de história: Conta Maria, com Maria Teixeira Campos (Salvador)
  • 17h30 – Contação de historia: O ovo ou a galinha, com Glaucio Camargos (Rio Preto)
  • 19h – Inventário da oralidade: Contramestre Eddy Angoleiro (Rio Preto)
  • 20h – Show De Longe Também Existe Mágica (Chamamento Aldir Blanc), de Kadu Ilusionista (Rio Preto)
  • 21h – Espetáculo: Janelas Para Uma Mulher (Chamamento Aldir Blanc), da Cia. Trilhas da Arte: Pesquisas Cênicas (Campinas)

Domingo

  • 9h – Oficina: Da menina negra à mulher preta: educação e identidade, com Juliana Costa (Rio Preto)
  • 10h – Contação de história: As narrativas indígenas em foco, com Jessica Martins (Extremoz)
  • 11h – Videopoema: Colapso Mpeg, de juny-kp! (Rio Preto)
  • 11h30 – Contação de história: Boi Tatá, com Cia. Apocaliptica (Rio Preto)
  • 12h – Podcast: Paulo Freire: Leitura de mundo e leitura da palavra, com Carol Manzatto (Rio Preto)
  • 13h – Oficina: Noções de língua e literatura galega, com Carolina da Costa (Rio Preto)
  • 13h – Oficina: NEGRU-ME – Literatura negro-brasileira, com Ivan Reis (Rio Preto)
  • 15h – Clube do Livro: ‘Hibisco Roxo’ (Chimamanda Ngozi Adichie), com Rafaela Nunes
  • 16h – Espetáculo: O Pequeno Senhor do Tempo (Chamamento Aldir Blanc), com Cia. Trilhas da Arte (Campinas)
  • 16h30 – Websérie: ‘Pequeno – Episódio 5’, com Cia. Bardos de Teatro (Rio Preto)
  • 17h – Contação de história: A Loja de Relógios, com Mimos de Histórias (Paulista)
  • 17h30 – Contação de história: Contos de distrair e brincar com a morte, com Mafuane Oliveira (Cia. Chaveiroeiro – São Paulo)
  • 19h – Lançamento do livro Moldura de lagartas, de Susanna Busato (Rio Preto)
  • 20h – Contação de história: Yabàs Divindades do Candomblé, com Eu + Tu (Rio Preto)
  • 21h – Sarau Urbano (Rio Preto)

Fonte: Diário da Região

Vicente Serroni lança seu novo romance no FrESTA nesta quarta-feira - Abresc |