Loading...

Feito na pandemia, livro mostra táticas de sobrevivência ao cotidiano

Pernambucana Lara Ximenes escreveu poemas em listas durante a quarentena e lança seu primeiro livro neste ano.

Em uma época em que estamos sufocados de sentimentos, listá-los pode ser a melhor saída para o nosso conforto. Durante o isolamento social, a jornalista e escritora pernambucana Lara Ximenes decidiu colocar angústias, memórias e emoções em papel – no formato de listas. Originalmente frutos do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na pós-graduação em Escrita Criativa pela Unicap e PUC-RS, os escritos se transformaram no livro “Tática Operacional para Sobreviver ao Cotidiano”, que entra em pré-venda pela editora Chuvisco nesta segunda-feira (18).

Em seu primeiro livro, Lara Ximenes quis transportar as listas para um outro lugar na literatura. Originalmente, elas servem para coisas funcionais e anotações do cotidiano, mas a escritora quis colocá-la num local poético e criativo para desabafar sobre seus sentimentos. A inquietação surgiu após uma aula na pós-graduação em Escrita Criativa, em que um professor questionou se a lista não era um gênero subestimado. Isso não apenas impactou Lara, como também a fez transformar o questionamento em um livro.

“Acredito que da mesma forma que a lista é capaz de ajudar a gente a organizar demandas práticas, ela também pode nos ajudar com o subjetivo. A gente pode listar várias coisas de ordem emocional também, por que não? Afinal, os sentimentos não são lineares. Nem nossas ideias. Às vezes, a gente está lá pensando num sentimento de 2015, lembrando do que falou. Acho que as listas e textos pessoais no estilo diário nos ajudam enquanto ser humano a se organizar no espaço-tempo, a enxergar as coisas com mais ordem. Porque o tempo é uma concepção totalmente criada pelo ser humano, né?”, enfatiza Lara.

De fato, a lista é um gênero subestimado. E quem for pesquisar não encontrará respostas fáceis sobre elas nos mecanismos de busca. Entretanto, quem adentra em a “Tática Operacional para Sobreviver ao Cotidiano” não apenas pode encontrar a resposta, como também um alívio para os sentimentos que têm nos aprisionados há quase um ano. A autora nos coloca como em uma rotina poética, sem necessariamente um meio, começo e fim temporal, nos permeando a angústias e ansiedades, mas também a pequenos alívios do dia a dia, como dar um gole em uma boa cerveja no fim de semana.

Gabriela L'Amour, Lara Ximenes e Manuela Sobral

Gabriela L’Amour, Lara Ximenes e Manuela Sobral. Foto: Manuela Gallindo/Divulgação

Os escritos são ágeis, sem linha de tempo, como a própria escritora sugere. Lembram até escritos de microblogs, mas possuem a delicadeza e cuidado de organização como pressupõe o próprio gênero literário. “Eu sempre escrevi para internet, então acho que existe com certeza uma influência aí. A gente está vivendo soterrado de informação o tempo todo, que chega rápido demais, satura rápido demais. O impacto disso na mente humana eu acho que realmente só vai conseguir ser mensurado daqui a muitos anos. Para tentar sobreviver nesse mar de mensagens, vamos colocando esses pedacinhos da gente para fora, acho que de pouco em pouco, justamente, para ser contraponto à enxurrada de informações diária”, frisa Lara.

Angústia geracional

Lara Ximenes explica que colocar essas questões em livro tem um caráter diferente para as escritoras mulheres, que por muitas vezes enfrentam estigmas relacionados a seus sentimentos. “Acredito que há um certo estigma sobre obras femininas que tratam de sentimentos à flor da pele, de sensibilidade, choro. Como se fosse um gênero menor, algo “de mulherzinha”, que não é válido o suficiente para virar livro, por exemplo”, complementa Ximenes.

Inclusive, o projeto possui o envolvimento de outras mulheres. A editora pernambucana Chuvisco é comandada por duas mulheres, Gabriela L’Amour e Manuela Sobral, e publica títulos autorais, de forma independente e afetiva. Elas construíram a capa e ilustrações, respectivamente, de “Tática Operacional para Sobreviver ao Cotidiano”, primeira publicação do ano da editora.

SERVIÇO

Pré-venda do livro “Tática Operacional Para Sobreviver Ao Cotidiano”
(Editora Chuvisco)
Data: 18 de janeiro 
Valor: R$ 35
Para comprar na pré-venda (apenas Região Metropolitana do Recife): linklist.bio/ChuviscoEditora
Vendas para todo país começam a partir do dia 1º de fevereiro, no mesmo link.

Fonte: Folha de Pernambuco

Feito na pandemia, livro mostra táticas de sobrevivência ao cotidiano - Abresc |